– Fonte: Didaxis

dúvidas frequentes sobre e-learning

O treinamento corporativo está cada vez mais versátil, basta se atentar para a modalidade on-line, que já está disponível no mercado há algum tempo – com recursos para diversas necessidades.

Com a pandemia e o trabalho no modo home office, o treinamento on-line passou a ser uma ferramenta indispensável para empresas que desejam manter sua agenda de capacitação e desenvolvimento profissional. 

Porém, ainda existem muitas dúvidas sobre o e-learning – nome pelo qual a modalidade de ensino on-line também é conhecida.

Neste artigo, vamos esclarecer as principais questões a respeito do tema para que você possa aproveitar todos os benefícios e levar sua equipe ainda mais longe. Continue a leitura!

Dúvidas sobre o e-learning

1) Para começar, o que significa e-learning?

E-learning é uma abreviação para electronic learning. Em português, quer dizer: aprendizado eletrônico.

2) Mas o que é o e-learning?

É uma modalidade de ensino à distância on-line. As ferramentas educativas que oferecem esse recurso possibilitam a aprendizagem em qualquer lugar do mundo, a qualquer momento. É um acesso mais barato – uma vez que uma mesma infraestrutura pode ser compartilhada com uma quantidade indeterminada de pessoas – e democrático, exatamente pelo custo mais baixo.

3) E-learning e educação à distância (EAD) são a mesma coisa?

Não. A educação à distância, quando aluno e professor não estão presencialmente juntos, pode acontecer por meio de outros suportes, como cartas, rádio e televisão. Não precisa ser necessariamente on-line.

Apesar de não serem a mesma coisa, a educação à distância pode ser feita através do e-learning.

4) Quais são os principais tipos de plataformas de e-learning disponíveis para o treinamento de colaboradores?

As duas principais plataformas de e-learning disponíveis no mercado são o LMS e LXP. Ambas são válidas para as empresas. Para escolher a ideal para o seu negócio, é só identificar a sua necessidade.

O LMS é um Sistema de Gestão de Aprendizagem e atende às principais demandas do time de Recursos Humanos, oferece certificações, capacitações (gravada ou ao vivo) e gestão, como ferramentas de avaliação dos funcionários.

Já se você quer um sistema ainda mais moderno, aposte no LXP. Ele é uma Plataforma de Experiência de Aprendizagem. Nele, o colaborador será o protagonista da própria experiência de aprendizado. A plataforma, baseada em Inteligência Artificial, é capaz de entender as necessidades individuais dos funcionários e oferecer uma trilha única de conhecimento.

5) Quero oferecer treinamentos presenciais e on-line e gerenciar tudo em uma única ferramenta. É possível?

Sim. O nome dessa modalidade, que une treinamentos on-line e presenciais, é blended learning. Existem ferramentas prontas no mercado para quem deseja oferecer interação coletiva e momentos de aprendizado individual.

Agora que você já sabe mais sobre como o e-learning funciona, que tal algumas dicas para implantar essa novidade na sua empresa?

E-learning na sua empresa

  • Algumas regras para o treinamento on-line continuam as mesmas que as da modalidade presencial. Primeiro, é preciso identificar as necessidades do seu público interno. Mas não basta apenas perguntar sobre possíveis defasagens, é necessário unir várias informações. Verifique quais são os objetivos da empresa para o ano, a curva de aprendizagem do time, as metas individuais e as percepções dos gestores.
  • Em seguida, analise os dados e defina quais são os temas mais relevantes para a corporação naquele momento. É a partir daí que o treinamento e-learning começa a ganhar forma.
  • Antes de criar o conteúdo é preciso saber em qual formato ele será oferecido. É possível filmar um vídeo, fazer uma gamificação (baseada na estrutura dos jogos, uma estratégia para aumentar o engajamento e consciência dos acertos e erros) ou criar uma animação, por exemplo. Após definir o formato, é hora de colocar a mão na massa e tornar o projeto realidade.
  • Com tudo certo, chega o momento de trabalhar com a divulgação para garantir engajamento e participação.
  • Por fim, planeje-se para analisar resultados: se necessário, avalie os colaboradores antes e depois dos treinamentos para verificar se o conteúdo foi assimilado e acompanhe os indicadores da empresa para saber se o treinamento fez diferença nos resultados da organização. Assim, a relevância das capacitações fica ainda mais evidente.

Conclusão

Esclarecer as dúvidas sobre o e-learning é fundamental para entender a relevância que essa modalidade de ensino tem no dia a dia das corporações. Quer saber mais? Fale com a gente! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *